Parte do projeto Perspectivas do Desenvolvimento Brasileiro, obra surge em um contexto de grandes desafios enfrentados pela humanidade. O aumento de bem-estar, proporcionado pelo vigoroso crescimento econômico mundial ocorrido no século XX, é ameaçado por alterações ambientais ocorridas, em grande parte, pelas externalidades das próprias ações humanas. Neste contexto, este estudo analisa as relações entre o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade ambiental.

 

A obra é estruturada em 12 seções, que tratam do funcionamento dos sistemas ambientais, dinâmicas, escalas, ciclos e retroações; dos limites e da auto-organização desses sistemas; das relações do homem com o ambiente natural, com informações sobre a evolução dos impactos ambientais das atividades humanas; e da evolução do conceito e dos critérios de desenvolvimento sustentável e suas interações com o sistema econômico.