- Anúncio -

Maneirismo (século XVI)
Ao romper com as referências clássicas de idealização da beleza, o maneirismo diferencia-se por suas imagens distorcidas e alongadas.
A natureza é representada de forma distorcida e realista, sendo que as figuras bizarras aparecem com freqüência. Obras mais importantes do maneirismo:
O Juízo Final, de Michelangelo; A Crucificação, de Tintoretto; e O Enterro do Conde de Orgaz, de El Greco.
O estilo maneirista ficou caracterizado como uma valorização da originalidade individual, pela complexidade e artificialismo que visava sobrepor-se através da emoção, elegância e tensão em várias feições de expressão.

O Maneirismo foi um estilo artístico que surgiu na Europa no século XVI, cujo movimento revisava a visão clássica e naturalista da arte.
Maneirismo significa “maneira”; ou seja, o modo como cada artista trabalha valendo-se do conhecimento da arte renascentista.
Surgiu 1520 ate por volta de 1610
Manifestou na pintura, escultura e arquitetura

Não houve durante o maneirismo uma negação ao sentido clássico por completo e sim uma nova forma de enxergá-la e reproduzi-la como referencial estético, em busca de uma nova arte.

A formaçao do homem moderno vista atraves da arquitetura – brandao, carlos antonio leite

O renascimento inaugurou o poder luminoso do conhecimento e da razao do homem moderno. O maneirismo é o desenvolvimentodessa individualizaçao e explora a escura dimensão pscicologica, onirica, inconsciente e irracional desse individuo.
Essa arquitetura concretizaum significado existencial completamente diferente do renascimento, embora permaneçam algumas caracteristicas espacias do quattrocento.

- Anúncio -

Quando dissemos que a arché maneirista se assentava sobre o sujeito é porque, pela primeira vez, houve uma problematização de sua relação com essa natureza, como se exemplifica na ruptura espacial entre o edificio e seu meio, comum nas obras de Michelangelo.
Em 1546, Michelangelo é encarregado de suceder Bramante na construção da Basilica de sao pedro. Um exame das alteraçoes feitas por ele no projeto original permite-nos observar como ele se afasta dos ideiais herdados do quattrocento. Vimos que a planta em cruz grega, a centralidade, a simetria, a racionalidade da composição e a homogeneidade espacial sao caracteristicas sa arquitetura do seculo XV, carregada de significaçoes antropocentricas apropriadas ao homem daquele período e sua relaçao consigo mesmo, com Deus e com o universo.
Alterar tais caracteristicas representava uma demanda por novos significados na igreja e novos anseios expressivos do artista maneirista.
Observamos que Mochelangelo nao renuncia a cruz grega do projeto de 1506. No entanto, sem adotar ainda a longitudinalidade, ele a dissimula ao tornar contínuas as paredes laterais nadiagonal de cada quadrante definido pelos braços da cruz.
Talvez a parede externa da basilica seja a principal força expressiva do edifício. Porque ela é a principal responsavel pela articulaçao do espaço interior com o exterior.

A Cidade
No maneirismo a relaçao homem-natureza (edificio-meio) não é mais tão cômoda e segura. Ela é intensamente na arquitetura do periodo. Expressao disso são as villas, caracteristicas do cinquecento,no ponto onde o mundo humano da polis se encontra com a natureza.
Nelas são comuns exemplares em que o edifício procura ao mesmo tempo dominar a natureza e afastar-se dela.

A arquitetura maneirista se funda, então numa relação problematizada entre o homem e a natureza refletida nas formas de edifícios.
Como a igreja de Michelangelo, a propria cidade maneirista abandona o ideal de regularidade geometrica do renascimento em nome da expressividade, da dinamica e da tensao espacial que ela contem dentro de sí.
Uma das mais importantes construçoes maneiristas é o Palazzo Massimo alle Colonne de Baldassare peruzzi (Roma, 1532). Em primeiro lugar observamos uma fachada curva e o destacado pórtico de entrada. Em segundo lugar, a rusticidade colocada na parte superior da construção é mais um exemplo de rejeição do classicismo. A superficie continua desse pavimento enfatiza o peso da construção que é suportada por um pavimento térreo com colunas livres.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

BAIXE O TRABALHO AQUI

- Anúncio -