- Anúncio -

 

Em 29 de março de 1882, ocorreu o primeiro voo de um balão dirigível no Rio de Janeiro, o “Le Victoria”, criado pelo paraense Júlio Cezar Ribeiro de Souza (1843-1887), inventor reconhecido como pioneiro no desenvolvimento da dirigibilidade aérea.

Um ano antes, Ribeiro de Souza foi para Paris, subsidiado pelo governo do Pará, para construir o balão que ele batizou de “Le Victoria” em homenagem à sua mulher, Victoria Filomena do Vale. Patenteou a invenção em dez países.

No final do ano, o balão ficou pronto: tinha 10 metros de comprimento e 2 metros de diâmetro na proa. Nos dias 8 e 12 de novembro de 1881, o invento foi testado com sucesso diante da imprensa francesa.

No Brasil, foram feitas demonstrações no Pará, em 25 de dezembro de 1881, e no Rio de Janeiro, em 29 de março de 1882, sendo que nesta última o balão sofreu um rombo, ficando seriamente avariado.

- Anúncio -

0Ribeiro de Souza construiu um segundo balão, com 52 metros de comprimento e 10,4 metros no maior diâmetro, batizado de “Santa Maria de Belém”.

Em 12 de julho de 1884, na Praça da Sé em Belém, Ribeiro de Souza tentou realizar a ascensão de seu grande balão, mas sem sucesso. Menos de um mês depois, dois capitães franceses, Charles Renard e Arthur Constantin Krebs, a bordo do balão La France, que media 50,4m de comprimento por 8,4m de maior diâmetro, executaram o primeiro circuito fechado em um balão. Por essa façanha, eles entraram para a História como os inventores do balão dirigível.

Primeiro voo de um dirigível no Rio de Janeiro

Em 29 de março de 1882, ocorreu o primeiro voo de um balão dirigível no Rio de Janeiro, o “Le Victoria”, criado pelo paraense Júlio Cezar Ribeiro de Souza (1843-1887), inventor reconhecido como pioneiro no desenvolvimento da dirigibilidade aérea.

Um ano antes, Ribeiro de Souza foi para Paris, subsidiado pelo governo do Pará, para construir o balão que ele batizou de “Le Victoria” em homenagem à sua mulher, Victoria Filomena do Vale. Patenteou a invenção em dez países.

No final do ano, o balão ficou pronto: tinha 10 metros de comprimento e 2 metros de diâmetro na proa. Nos dias 8 e 12 de novembro de 1881, o invento foi testado com sucesso diante da imprensa francesa.

No Brasil, foram feitas demonstrações no Pará, em 25 de dezembro de 1881, e no Rio de Janeiro, em 29 de março de 1882, sendo que nesta última o balão sofreu um rombo, ficando seriamente avariado.

0Ribeiro de Souza construiu um segundo balão, com 52 metros de comprimento e 10,4 metros no maior diâmetro, batizado de “Santa Maria de Belém”.

Em 12 de julho de 1884, na Praça da Sé em Belém, Ribeiro de Souza tentou realizar a ascensão de seu grande balão, mas sem sucesso. Menos de um mês depois, dois capitães franceses, Charles Renard e Arthur Constantin Krebs, a bordo do balão La France, que media 50,4m de comprimento por 8,4m de maior diâmetro, executaram o primeiro circuito fechado em um balão. Por essa façanha, eles entraram para a História como os inventores do balão dirigível.

- Anúncio -