- Anúncio -

 

 

Função Fática privilegia a interação entre emissor e receptor das mensagens, ou seja, entre o locutor e o interlocutor. Ela é utilizada na abertura, estabelecimento e interrupção da comunicação.

Essa função da linguagem está presente principalmente nos cumprimentos, nas despedidas e nos diálogos em geral (conversas telefônicas, por exemplo).

Características da Função Fática

- Anúncio -

Função fática

  • Promove a interação entre as pessoas do discurso;
  • Usada no início, meio e final de conversas;
  • Ênfase no contato;
  • Testa o canal de comunicação.

Exemplos

Publicidade

  • É Gripe? Benegripe!
  • Seu pai tá correndo no trânsito? Xinga ele. (Campanha de conscientização de segurança no trânsito, em Porto Alegre)

VEJA TAMBÉM: Linguagem Publicitária

Frases

  • Bom dia!
  • “… e é assim que deve ser feito. Entendeu tudo ou tem alguma questão?”
  • “Depois de ir ao mercado … – Ei! Está me ouvindo? – Não esqueça de passar na lavanderia.”
  • Alô. Quem fala?
  • Amanhã nos vemos. Até lá!

Músicas

“Ei você aí, me dá um dinheiro aí
Me dá um dinheiro aí”

(Trecho de Me Dá Um Dinheiro Aí, de Ivan Ferreira)

“Até quando você vai levando? (Porrada! Porrada!)
Até quando vai ficar sem fazer nada?
Até quando você vai levando? (Porrada! Porrada!)
Até quando vai ser saco de pancada?”

(Trecho de Até Quando?, de Gabriel O Pensador)

Literatura

Um telefone toca num fim de tarde, começo de noite . . .

* Alô?
* Pronto.
Ele: – Voz estranha… Gripada?
Ela: – Faringite.
Ele: – Deve ser o sereno. No mínimo tá saindo todas as noites pra badalar.
Ela: – E se estivesse? Algum problema?
Ele: – Não, imagina! Agora, você é uma mulher livre.
Ela: – E você? Sua voz também está diferente. Faringite?
Ele: – Constipado.
Ela: – Constipado? Você nunca usou esta palavra na vida.
Ele: – A gente aprende.
Ela: – Tá vendo? A separação serviu para alguma coisa.
Ele: – Viver sozinho é bom. A gente cresce.
Ela: – Você sempre viveu sozinho. Até quando casado só fez o que quis.
Ele: – Maldade sua, pois deixei de lado várias coisas quando a gente se casou.
Ela: – Evidente! Só faltava você continuar rebolando nas discotecas com as amigas.
Ele: – Já você não abriu mão de nada. Não deixou de ver novela, passear no shopping,
comprar jóias, conversar ao telefone com as amigas durante horas.

(Trecho da crônica “Um telefone toca num fim de tarde,…”, de Luís Fernando Veríssimo)

Funções da Linguagem

As funções da linguagem são usadas de acordo com a intenção do falante e estão relacionadas com os elementos da comunicação: emissor, receptor, contexto, mensagem, canal e código.

Diagrama funções da linguagem

- Anúncio -