- Anúncio -

 

O “Dia Nacional da Imigração Judaica” homenageia a contribuição dos judeus para a formação da sociedade brasileira. A celebração, no dia 18 de março, foi criada por um projeto de lei do deputado federal Marcelo Itagiba (PSDB-RJ), sancionado em 2009 pelo então presidente em exercício, José Alencar.

O povo judeu faz parte da história do Brasil desde o seu descobrimento. Mas foi no Nordeste, durante a ocupação holandesa, que se instalou também a primeira comunidade judaica organizada do país, em Recife. Foi nesta cidade que foi erguida a primeira sinagoga das Américas, Kahal Zur Israel, um marco da presença judaica no país.

“Ao longo dos séculos, nossos antepassados vieram ao Brasil em busca de paz, vida digna e oportunidades. Aqui foram bem recebidos e se estabeleceram. A contribuição judaica ocorre em diversas frentes: na cultura, na ciência, nas universidades, nos governos e nas empresas. A comunidade judaica brasileira se orgulha de sua história neste país, de espírito acolhedor e que tem, na diversidade, uma de suas grandes riquezas”, explica Fernando Lottenberg, presidente da Confederação Israelita do Brasil.

- Anúncio -
- Anúncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.