- Anúncio -

Handebol e ABNT

Perguntas Sobre Handebol

1)Como se inicia um jogo de handebol?
O jogo inicia no meio da quadra. De posse da bola o atleta poderá avançar no máximo três passos e em seguida lança-la para o parceiro. Todos no time devem estar bem atentos para receber a bola e segura-la forte para não perde-la para o adversário. É importante saber driblar e protege-la.

2) Qual o objetivo do jogo de handebol?
o principal objetivo do jogo de handebol, é fazer o máximo de gols possíveis, de varios tipos: antes da linha dos 7m (o q equivale o limite da area do goleiro), antes da linha dos 9m, q é mais difícil pra quem esta começando e de ponta(lateral); o outro objetivo do handebol é evitar o máximo de gols possíveis, na defesa e principalmente pelo goleiro, que é o principal responsável pela vitoria de um time em um jogo

3) Para que se chegue ao objetivo do jogo,o que o jogador deve fazer?
objetivo do jogo é fazer gol no gol adversário e impedir que o mesmo aconteça em seu gol ou que o adversário tome posse da bola.

- Anúncio -

4) Numa partida de handebol pode haver empate?
Se o jogo empatado deve ter a sua continuação até que haja um vencedor, após 5 minutos de intervalo, a escolha da quadra ou do tiro de saída deve ser novamente sorteada.
A prorrogação dura 2 X 5 minutos para todas as equipes (troca de quadra sem intervalo). Se o jogo continuar empatado após esta primeira prorrogação, uma segunda é jogada após 5 minutos de intervalo e um novo sorteio, com duração de2 X 5 minutos (troca de quadra sem intervalo). Se o jogo continuar empatado, proceder-se-á de acordo com o regulamento particular da competição em curso.

5) Quantos jogadores há em uma partida de handebol?
7 jogadores 6 jogando e 1 na barra.

6) Quantos oficiais há em uma partida de handebol? como são chamados?
2 de quadra, um cronometrista e um secretário, totalizando 4.

7) O aluno-atleta pode ficar quanto tempo com a bola na mão?
não e um tempo certo você tem que corre e ir batendo a bola no chão se der 3 passos sem bater a bola e reversão.

8) Quais os tipos de passes? explique.
Passes acima do ombro: podem ser realizados em função da trajetória da bola para frente ou oblíquo, sendo que ambos podem ser: retificado ou bombeado.
Passes em pronação: lateral e para trás.
Passes por de trás da cabeça: lateral e diagonal.
Passespor de trás do corpo: lateral e diagonal.
Passe para trás: na altura da cabeça com extensão do pulso.
Passe quicado: quando a bola toca o solo uma vez antes de ser recepcionado pelo companheiro, nesse tipo de passe a bola é atirada ao solo em trajetória diagonal.

9) O que é finta?
um tipo de drible usado pelos jogadores.

10) O que é arremesso?
arremeço no handebol é a tentativa de transpor a defesa e o goleiro para fazer o gol.

11) Quais os tipos de arremesso?
Com apoio – significa que um dos pés do arremessador ou ambos esteja(m) em contato com o solo.

Em suspensão – significa que no momento do arremesso não há apoio de nenhum tipo do arremessador com o solo.

Com queda – significa que após a bola ter deixado a mão do arremessador, o mesmorealiza uma queda, normalmente a mesma se dá dentro da área adversária e de frente – arremesso bastante comum entre os pivôs e eventualmente entre os pontas.

Com rolamento – significa que após a bola ter deixado a mão do arremessador, o mesmo realiza um rolamento, na maioria das vezes um rolamento de ombro. Este tipo de arremesso é mais comum entre os pontas e eventualmente por pivôs.

12) Quais os tipos de defesa?
Defesa
Na evolução do jogo têm sido aperfeiçoadas as técnicas individuais e das táticas de grupo,onde devemos ressaltar que sistemas defensivos são definidos como a estruturação e automatização de comportamentos do jogador, dentro de uma determinada formação defensiva.
Sistemadefensivo 6×0
O Sistema Defensivo 6×0 significa seis na linha de defesa, ou seja, seis jogadores na primeira linha de defesa e nenhum na segunda.

13) Como é formada o sistema ofensivo no jogo de handebol?
É um sistema com cinco jogadores atuando à frente da área de tiro livre, eqüidistantes, e um infiltrador (pivô) próximo da área de gol, ocupando a faixa central da baliza onde o ângulo de arremesso é maior.

Os cinco jogadores que atuam fora da área de tiro livre, devem receber a função de armação das jogadas, utilizando nisto três jogadores, enquanto os outros dois, jogando nas laterais, tentam a penetração ou combinação de fintas e finalizações com o pivô.

14) Qual a função de cada jogador em uma partida de handebol?
1° Goleiro, Pivô, Ponta (esquerda e direita) e Amador. Pivô fica penetrado na defesa do rival pontas são chamados de alas e armador como o nome diz arma o jogo.

15) O goleiro de uma equipe pode sair da sua área? porquê?
Costumo dizer que o goleiro do handebol é o verdadeiro jogador de handebol, uma vez que além de atuar no gol (de maneira exclusiva, uma vez que somente o goleiro pode adentrar à sua área) ele pode atuar livremente na linha.

Uma única coisa deve ser levada em consideração para isso: o goleiro não pode sair do gol com a bola dominada, isso significa que ele pode receber a bola de seus jogadores fora da área, mas não pode sair da área com ela em sua posse.

Caso ele defenda uma bola e ela saia daárea, ele pode pegá-la, sem maiores problemas.
Algo muito comum de acontecer, principalmente na iniciação ao handebol é a bola ser recuada para o goleiro, com ele dentro de sua área. Caso isso ocorra, é arbitrada uma infração e cobrado um tiro de 9 metros, pois não é permitido recuar a bola para ele, mas caso ele esteja fora de sua área, ele jogará como um jogador qualquer.

16) Quais são as principais faltas em uma partida de handebol?
8.1 É permitido
a ) usar braços e mãos para bloquear ou ganhar posse da bola;
b) usar uma mão aberta para tirar a bola do adversário de qualquer direção;
c) usar o corpo para obstruir um adversário, mesmo quando o adversário não está em posse da bola;
d) fazer contato corporal com um adversário, quando de frente à ele e com os braços flexionados, e manter este contato de modo a controlar e acompanhar o adversário.
8.2 Não é permitido
a) arrancar ou bater na bola que está na mão do adversário;
b) bloquear ou empurrar o adversário com braços, mãos ou pernas;
c) deter ou segurar (corpo ou uniforme), empurrar, bater ou pular sobre um adversário;

17) Como é cobrado um tiro lateral?
O jogador pisa na linha lateral e arremessa a bola à um companheiro. Ele pode tentar fazer o gol diretamnte do tiro lateral.

18) Como é cobrado um tiro livre?
lance livre e uma falta q deve ser cobrada direto para o gol com a defesa em seu lugar ou seja com barreira.Geralmente acontece quando ha a ultima falta nojogo onde nao se pode passar a bola pois o tempo ja esgotou( aconteceu com o time masculino brasileiro na ultima olimpiada no jogo q desclassificou o Brasil)
tiro livre eh o arremesso de sete metros q acontece quando um jogador q esta numa situacao clara de gol recebe uma falta, este eh cobrado sem barreira numa linha de 7 metros do gol onde ha apenas o goleiro e o atacante, todo o time deve ficar atras da linha pontilhada e a pessoa a cobrar o 7 metros nao deve mexer o pe da frente posicionado im pouco atras da linha lembre q nao de deve encostar na linha.

os sistemas aos quais vc se refere sao defensivos o 6×0 acontec quando todos os jogadores estao defendendo junto a linha, e o 5×1 eh quando o armador central sai da linha e se posiciona acima marcando de perto o ataque com uma movimentacao maior tentando uma roubada de bola esta eh uma estrategia de defesa mais ofensiva.

para cobrar lateral vc deve posicionar um pe na linha lateral e esperar o apito do juiz para cobrar a lateral.

19) Quando um tiro de meta acontece?
O Tiro de Meta
12.1 Um tiro de meta é concedido quando: (i) um jogador da equipe adversária entrou na área de gol; (ii) o goleiro controlou a bola na área de gol, ou a bola ficar parada no solo dentro da área de gol; (iii) um jogador da equipe adversária tocou a bola quando ela estava rolando ou parada no solo dentro da área de gol ou (iv) quando a bola cruzou a linha de fundo, depois de ter sido tocada por últimopelo goleiro ou pelo jogador da equipe adversária.
Isto significa que em todas as situações, a bola é considerada fora de jogo, e que o jogo será reiniciado com um tiro de meta se houver uma violação depois que um tiro de meta foi concedido e antes que ele tenha sido executado.

12.2 O tiro de meta é executado pelo goleiro, sem o apito do árbitro, para fora e por sobre a linha da área de gol.
O tiro de meta é considerado executado, quando a bola arremessada pelo goleiro tenha cruzado completamente a linha da área de gol.

Os jogadores da outra equipe estão autorizados a ficar imediatamente no lado de fora da linha da área de gol, mas eles não estão autorizados a tocar na bola até que ela tenha cruzado completamente esta linha.

20) Como é executado um tiro de 7 metros?
O tiro de 7 metros é cobrado um jogador do time adversário contra o goleiro, sem interferencia de nenhum outro jogador, pois todos os outros devem se posicionar atras da linha dos nove metros. Pois bem, o 7 metros é cobrado a justamente 7 metros do gol, pois a linha da área tem 6 metros, um metro a mais tem uma risca, onde são os 7 metros. É cobrado de frente ao gol com um dos pes a frente do outro, porém sem pisar na risca e também nao pode bater a bola no chão antes de aremessar. Normalmente o goleiro se adianta um pouco para fechar mais o angulo de chute, tem uma risca ao chão onde é o máximo que o goleiro poderá se adiantar, no caso o maximo é 4 metros, mas odeslocamento lateral é permitido.

21) Quando acontece um exclusão?
Ele ficará 2 minutos fora do jogo, e sua equipe consequentemente ficará com menos um jogador, completados os 2 minutos ele retorna ao jogo, entrando pela área delimitada de substituições.

22) Quem é Bruno Souza?
Principal jogador da seleção brasileira masculina de handebol.

Perguntas sobre as normas da ABNT

1. Qual o significado na sigla ABNT?
Associação Brasileira de normas técnicas

2. As normas da ABNT são atualizadas com que periodicidade?
Não existe periodicidade determinada, por isso antes de proceder a normalização énecessário pesquisar a versão vigente de cada uma das normas.

3. Os títulos das seções e subseções terminam com ponto final?
Não se usa esta pontuação para finalizar títulos de seções e subseções.
Não se pontuam os tópicos a menos que sejam frases completas.

4. Qualquer pessoa pode enviar sugestões para a ABNT referentes a uma norma especifica?
Sim, sempre que uma norma está em estudo é realizada uma consulta pública pararecebimento de sugestões.

5. A utilização das normas da ABNT é obrigatória?
Não, pela Constituição Federal ninguém está obrigado a fazer ou deixar de fazer algumacoisa senão em virtude de lei, assim sendo, os autores de trabalhos acadêmicos não estãoobrigados a seguir as normas da ABNT, porém correrão o risco da não aceitação do mesmo pela comunidade científica.

6. Qual o tamanho exigido paramargens, espaçamentos entre linhas, folha e tamanho da fonte?
Margem esquerda e superior de 3cm; direita e enferior de 2cm; entrlinhas 1,5 ; papel branco ou reciclado, formato A4(21cmx29,7cm); fonte 12.

7. Quando e como fazer citações?
Autores experientes evitam transcrições de textos amplamente difundidos, bem como acomposição de um novo texto com freqüentes transcrições. Evitam o que popularmente sechama de ‘fazer do texto uma colcha de retalhos
Citações não devem ser constituídas de assuntos sobejamente divulgados, de domínio público.
Ela só se justifica quando o pensamento expresso é significativo, claro e necessário àexposição

8. A pontuação em uma citação vem antes ou depois das aspas?
Se a citação está incorporada ao seu texto, iniciando-se com letra minúscula, a pontuaçãovirá depois das aspas, já que a ela estará finalizando a sua frase.
Presenciamos palestras de professores que defendem o seguinte: antes das aspas a pontuação faz parte da frase do “citado”, e depois das aspas a pontuação faz parte da frasede quem está “citando”

9. É necessários solicitar permissão a todos os autores que vamos citar?
Pequenas transcrições (até 15 linhas) geralmente não implicam em permissão de direitosautoArtigos científicos, publicados em periódicos, não necessitam de autorização.”Fundamentaçãorai

10. As apostilas e obras didáticas necessitam seguir o rigor cientifico no que diz respeito as citações?
Há algum tempoestes materiais não seguiam tais regras. A conscientização para não incorrer em plágio, dar crédito a quem de direito, utilizar recursos de informática paraministrar aulas e gerar apostilas direto de slides… está influenciando para a mudançagradual deste padrão.

11. É “proibido” fazer pequenos consertos em citações, mesmo que sejam erros tipográficos ou palavras de uma gramática antiga?
A transcrição não é como uma prova de um crime que não admite nenhuma interferência, para não perder a validade. Excetuando-se poucos casos em que a manutenção da ortografia é necessária, mantê-ladesatualizada ou com erros grosseiros de revisão […] é ocupar-se com a difusão de uma forma obsoleta quenenhuma informação acrescenta à elucidação do texto. Há casos em que a grafia original justifica-se, como, por exemplo, a transcrição de poemas medievais. Autores da área de Direito, talvez em virtude da formaçãoacadêmica e profissional, fazem questão de transcrições fiéis ao original, como as de constituições antigas,textos de doutrina de autores igualmente antigo.

12. Quando utilizar o apud na área cientifica?
Só deve ser utilizado em caso de impossibilidade de acesso ao texto original.
13. Em citações livres não é necessário indicar a pagina?
Somos da opinião de que mesmo em citações livres tais páginas devem ser citadas.Imagine citar um Tratado e deixar o leitor tentando descobrir onde está a citação original paraque ele próprio se certifique sobre a interpretação da frase.

14. Posso citar frases em língua diversa da que estou escrevendo?
Poder pode, mas por questões de elegância, afinal de contas o texto está sendo publicado para o seu leitor e deve primar pela clareza, após a citação faça a tradução e indique ao finalda mesma a expressão “tradução nossa.

15. Se optar por utilizar notas de referencias, é necessário confeccionar a lista de referencias?
A seção Referências é obrigatória em trabalhos científicos, mesmo porque ela reúne emum só lugar todo o embasamento teórico.

16. Como citar títulos de livros, artigos e periódicos no seu texto?
Sugerimos que use itálico para títulos de livros e periódicos, e para títulos de capítulos eartigos que use aspas, sem itálico.

17. Existe uma lista dos termos em latim que são usualmente utilizados em citações? Qual são os termos?
Sim, as NBRs 10520 e 10522
trazem exemplos da utilização de alguns. (ver Anexos L eM)

18. O numero de chamada de uma citação aparece antes ou depois do sinal de pontuação que fecha a citação?
O número de chamada aparece depois do sinal de pontuação.

19. Qual deve ser o espaço máximo por notas de rodapé em uma folha?
Somos da opinião de que notas de rodapé não devem ocupar mais do que 1/4 (um quarto)de uma folha.

20. A numeração das notas de rodapé é seqüencial em toda obra?
A norma sugereque a cada capítulo a numeração seja reiniciada. Na prática a sugestãofacilita o trabalho editorial caso seja identificada numeração incorreta de obras volumosas já diagramadas. Porém, como usuários que citam e optam por identificar tais notas,sabemos que fica mais fácil caso a numeração tenha sido seqüencial em toda a obra.

21. Por que em trabalhos a seção Referencias é obrigatório?
Trabalhos que não possuem referências não são considerados de cunho científico. Por não possuírem embasamento teórico, são tratados como obras de ficção.” (PONTIFÍCIAUNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS, 2005).

22. Na seção Referencias, listo todas as obras que utilizei no trabalho?
São listadas todas as que efetivamente foram usadas e conseqüentemente citadas. Assimsendo, a lista de referência contida no final do trabalho não pode conter obras que nãoforam citadas no decorrer do trabalho.

23. Em que parte de um livro devem ser coletadas as informações para confecção das referencias?
Se a obra tiver sido publicada seguindo as normas da ABNT, indicamos o anverso e overso da folha de rosto.

24. Quais os campos básicos para confeccionar referencias?
Os campos variam de acordo com o tipo de “documento”. (ver exemplos gerais no Anexo N)

25. Em relação a autoria, utiliza-se nome completo dos autores em referencias?
Na área de saúde não é comum a utilização dos nomes completos, o mesmo nãoacontecena área de direito.

Ressalta-se o cuidado em abreviar nomes, dificultando o acesso ao autor e sua obra.Verifique na NBR 6023 e no AACR2 normas específicas para cada caso.
O importante é uniformizar, mesmo porque algumas obras já trazem os nomesabreviados.

26. Qual a diferença de grafia para títulos de livros de períodos?
Títulos de periódicos são tratados como nome próprio, ou seja, com iniciais maiúsculas.A palavra inicial de um título de livro começa com maiúscula, a não ser que exista umnome próprio dentro do título também ficará com letras maiúsculas.

Somos da opinião de que ambos deveriam ser tratados como nome próprio, assim sendo,com iniciais maiúsculas.

27. As datas de publicação de obras são obrigatórias em referencias?
Sim, espera-se do pesquisador que pelo menos saiba indicar o ano aproximado, a décadaou o século.

28. Quando a lista de referencias é organizada numericamente, existe algum recurso tipográfico que separe o numero das referencias?
Utilize apenas um espaço.

29. O trabalho cientifico deve ser escrito de forma impessoal?
Devem ser abolidos os pronomes pessoais.

30. Posso utilizar aspas para realçar palavras?
Se o objetivo pretendido na área científica for difundir o conhecimento da forma maisobjetiva possível, acreditamos que o excesso de aspas irá transmitir um certo ar desubjetividade.

31. Qual o destaque que devo dar paraexpressões estrangeiras?
Recomendamos o itálico, mas temos que salientar que a utilização deste recurso por vezesesbarra em regras que determinam o uso do itálico em citações. Estas determinaçõestambém são inadequadas quando é necessário citar uma frase em língua estrangeira: oitálico seria referente a citação ou a língua estrangeira.

32. Já que tabelas não devem ficar com dados em branco, de acordo com a literatura,quais os sinais que devem ser utilizados quando isto acontecer?
Traço: indica dado inexistenteReticências: indica dado desconhecidoZero: quando o valor numérico do dado for menor que a metade da unidade ou fraçãoadotada para a expressão do dado.

33. Havendo a necessidade de continuação de uma tabela para a página seguinte,como devo proceder?
Não deverá aparecer a linha horizontal que fecha a tabela e, na página seguinte, deve-serepetir o título e cabeçalho, para depois continuá-la.

34. Qual a localização do título nas ilustrações?
Diferentemente de tabela, gráfico, quadro, mapa… ressalta-se que ilustração é uma
exceção, pois não configuram no topo as seguintes informações: tipo de ilustração, onúmero arábico de ordem de apresentação no trabalho e o título ou legenda.

35. Na prática, o que deve ser levado em consideração para confeccionar capas?
A capa é de inteira responsabilidade da criação, mesmo assim seguem algumas dicas: A Autoria deve ser o primeiro campo a aparecer,estando próxima ao topo da capa.

36. Qual a diferença entre sumário e índice?
Didaticamente podemos dizer que o sumário é uma radiografia que mostra oconteúdo/estrutura do trabalho (da cabeça aos pés), mostrando cada uma das partes naordem em que se encontram. Índice por sua vez pode ser confeccionado de diversas formasque atendam ao objetivo de indicar: por data, por legislação, por ordem alfabética, por nomes…
Lembre-se: índice fica no final do trabalho e sumário no começo.

37. Elementos pré-textuais são elencados no sumário?
De acordo com a ABNT não, apesar de certas instituições, que optam por numerar emromano as pré-textuais, façam sua indicação no sumário.

38. Segundo a literatura, a apresentação é confeccionada pelo autor ou por outra pessoa?
O prefácio “contém texto de pessoa de reconhecida autoridade na matéria, que informasobre as qualidades que lhe recomendam a leitura.

39. Anexos são numerados seqüencialmente ao texto, mesmo não sendo do autor?
Segundo a ABNT sim, mas comungamos das opiniões que páginas pré-textuais e anexosdevam receber numeração em romano, ainda mais em
Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), pois assim teremos a certeza de que estamos avaliando realmente a habilidade do autor em pesquisar metodologicamente e escrever um número mínimo de folhas.

40. O que fazemos quando uma linha que inicia um parágrafo ou um título de uma seção ficasozinha no final da folha/página?
Force a quebra de página e inicie na próxima.

41. Qual a diferença de folha e página?
Folhas possuem frente e verso e página é cada lado da folha. Em TCCs, dissertações,teses etc. somente a folha de rosto possui verso para confecção da ficha catalográfica.

42. Onde fica localizado o número da página ou folha?
Em trabalhos onde as folhas só possuem frente, fica no topo do lado direito; para os que possuem frente e verso, pares à esquerda e ímpares à direita.

43. Posso utilizar romanos na paginação de pré-textuais?
A numeração do trabalho deverá ser seqüencial e progressiva em todo o trabalho,contando-se a partir da folha de rosto e mostrando-se a partir da introdução.

44. A nova edição da norma de trabalhos científicos prevê o espaço um e meio em vez de duplo. Esta seria uma nova tendência da ABNT?
O tema vinha sendo amplamente discutido, já que espaço duplo era visto como exagero.Acreditamos que o espaço duplo seja substituído pelo um e meio em todas as normas quefazem esta sugestão.

45. A norma da ABNT deixa duas sugestões de letras (Arial e Times new roman), posso utilizar as duas ao mesmo tempo?
As sugestões da ABNT são excludentes, se optar por uma use do começo ao fim dotrabalho.

46. Existe um padrão para o número de folhas de TCCs, monografias, dissertações e teses?
Varia de instituição para instituição.

- Anúncio -