Mal de Parkinson é uma doença neurológica degenerativa que afeta os movimentos, causando sintomas como tremor, lentidão dos movimentos, rigidez muscular, perda de equilíbrio, alterações na fala e na escrita.

A Doença ou Mal de Parkinson ocorre devido a uma degeneração das células localizadas numa região do cérebro chamada substância negra. Essas células produzem uma substância chamada dopamina, um neurotransmissor que conduz os impulsos nervosos. A diminuição ou a falta de dopamina afeta os movimentos do corpo.

Os sintomas do Mal de Parkinson caracterizam-se por:

  • Tremores que aumentam gradualmente;
  • Movimentos executados de forma mais lenta;
  • Arrastar os pés ao caminhar;
  • Inclinação da postura para frente.

O tremor acomete os dedos ou as mãos, podendo afetar também queixo, cabeça e pés. Pode ocorrer em apenas um lado do corpo ou em ambos e ser mais intenso num lado que no outro. O tremor é chamado tremor de repouso, pois ocorre quando nenhum movimento está sendo realizado.

Pode haver também variação do tremor ao longo do dia, tornando-se mais intenso quando o paciente fica nervoso e desaparecer quando ele está completamente descontraído.

Outros sintomas iniciais do Mal de Parkinson:

  • Rigidez muscular;
  • Redução da quantidade de movimentos;
  • Distúrbios da fala;
  • Dificuldade para engolir;
  • Depressão;
  • Dores;
  • Tontura;
  • Distúrbios do sono, respiratórios, urinários.

Saiba mais em: Quais os sintomas do Mal de Parkinson?

O Mal de Parkinson não tem cura, mas existe tratamento capaz de combater os sintomas e retardar o seu progresso, através de medicamentos, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia e, em alguns casos, cirurgia.