- Anúncio -

 

Luan
Luan nos Jogos Olímpicos 2016
Informações pessoais
Nome completo Luan Guilherme de Jesus Vieira
Data de nasc. 27 de março de 1993 (25 anos)
Local de nasc. São José do Rio Preto (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,80 m
Destro
Apelido Luanel Messi[1]Missão[2]
Informações profissionais
Clube atual
[show]

v • e

Cruzeiro Esporte Clube

Número 7
Posição Atacante
Clubes de juventude
2012–2013
2013
2013
2013
Tanabi
→ América (emp.)
Catanduvense
Grêmio
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2012
2013
2014–
Tanabi
Catanduvense
Grêmio
9 (2)
1 (0)
252 (66)[3]
Seleção nacional3
2014
2015–2016
2017–
Brasil Sub-21
Brasil Sub-23
Brasil
7 (7)
11 (6)
2 (0)
2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 14 de outubro de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 31 de agosto de 2017.
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Rio de Janeiro 2016 Equipe

Luan Guilherme de Jesus Vieira, mais conhecido como Luan (São José do Rio Preto, 27 de março de 1993) é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente joga pelo Grêmio.

Clubes

Luan foi revelado pelo Grêmio em 2014 e gradualmente se tornou titular do time. Mais tarde seria peça chave para a conquista da Copa Libertadores de 2017.

- Anúncio -

Luan foi revelado pelo Grêmio em 2014 e gradualmente se tornou titular do time. Mais tarde seria peça chave para a conquista da Copa Libertadores de 2017.

Iniciou sua carreira aos 8 anos, como atleta da equipe de futsal do Internacional. Passou para o futebol de campo somente em 2012, pelo Juventus Vila Anchieta FC equipe amadora e passou ao profissional pelo Tanabi em 2012, na Série B-1 do Campeonato Paulista de futebol. Meses depois voltou à cidade natal para jogar no time júnior do América-SP, tendo disputado a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2013 e sido o destaque da equipe ao marcar 6 gols na competição, um deles no empate por 2 a 2 com o Flamengo que eliminou o time carioca na fase de grupos. Ainda passou breve momento pelas categorias de base da Catanduvense antes de chegar a Porto Alegre.[4]

Luan em partida contra o Barcelona de Guayaquil pela semifinal da Copa Libertadores de 2017.

Luan em partida contra o Barcelona de Guayaquil pela semifinal da Copa Libertadores de 2017.

Grêmio

Completou sua formação nas categorias de base do Grêmio.[5] No ano de 2014 sua promoção ao elenco profissional e desenvolvimento foi bastante rápida. Estreou como profissional no Campeonato Gaúcho de 2014 contra o São José em 19 de janeiro.[6]

Destacou-se com excelentes atuações durante o Campeonato Brasileiro de 2015, pelo qual foi premiado com a Bola de Prata e eleito para a seleção do Brasileirão, graças aos 10 gols marcados na competição atuando como atacante.

Após início ruim do clube na temporada 2016, o jogador foi alvo de protestos da torcida em treinamento, que chegou a jogar pipocas em seu carro.[7] A resposta veio no primeiro jogo na sequência pela Libertadores da América, na qual o atacante deu duas assistências que abriram a goleada por 4 x 0 contra a LDU.[8] O jogador voltou a ter seu desempenho contestado pela torcida, especialmente com a eliminação para o Rosario Central nas oitavas-de-final da Libertadores, por não conseguir jogar bem como ponteiro no esquema de Roger Machado. Contudo, voltou a ter boa atuação contra o Atlético-MG pela terceira rodada do Brasileirão atuando novamente como falso 9.[9]

Em 4 de junho de 2017, após gol marcado contra o Vasco da Gama, pela 4ª rodada do Brasileirão, Luan se tornou o maior artilheiro da história da Arena do Grêmio. Com 29 gols naquela altura, Luan ultrapassou os 28 marcados pelo argentino Hernán Barcos, anterior artilheiro.

Foi eleito o melhor jogador da Copa Libertadores da América de 2017. Foi o autor de um dos gols do Grêmio na final contra o Lanús, da Argentina.

Seleção

Olímpica

Após participar de toda a fase preparatória para os Jogos Olímpicos Rio 2016, Luan foi confirmado como um dos 18 selecionados pelo técnico Rogério Micale para a representar a Seleção Brasileira na competição. Começou na reserva do trio Neymar, Gabriel Barbosa e Gabriel Jesusmas, durante a competição, ganhou a vaga no meio-campo de Felipe Anderson. Terminou o torneio como titular absoluto e um dos destaques do time campeão, principalmente pelos três gols e duas assistências em cinco jogos, mas também pelo rápido entrosamento com Neymar.[10][11]

Estatísticas

Até 14 de outubro de 2018.

Clubes

[12]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Tanabi 2012 9 2 0 9 2 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 9 2 0 9 2 0
Catanduvense 2013 1 0 0 1 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 1 0 0
Grêmio 2014 28 4 2 1 0 0 7 1 0 14 3 3 50 8 5
2015 33 10 7 8 3 3 15 4 2 56 17 12
2016 25 6 3 8 1 0 8 0 4 13 5 4 54 12 11
2017 20 6 6 6 1 2 14 8 1 12 3 3 52 18 12
2018 16 1 6 3 2 0 10 4 3 8 3 0 37 10 9
Total 122 27 24 26 7 5 39 13 8 62 18 12 249 65 49
  • a. ^ Jogos da Copa do Brasil
  • b. ^ Jogos da Copa Libertadores da América e Copa do Mundo de Clubes da FIFA
  • c. ^ Jogos do Campeonato Paulista – Segunda Divisão, Campeonato Paulista – Série A2, Campeonato Gaúcho e Primeira Liga do Brasil

RBP

Títulos

Grêmio

  • Copa do Brasil: 2016
  • Copa Libertadores: 2017
  • Recopa Sul-Americana: 2018
  • Campeonato Gaúcho: 2018

Brasil

  • Jogos Olímpicos: 2016
  • Torneio Internacional de Toulon: 2014

Títulos individuais

  • Revelação do Campeonato Gaúcho: 2014
  • Seleção do Campeonato Gaúcho: 2014, 2018
  • Bola de Prata: 2015 e 2017
  • Prêmio Craque do Brasileirão: 2015[13]
  • Goleador máximo da Arena do Grêmio (29 gols)
  • Craque da Copa Libertadores: 2017
  • Melhor Jogador da América: 2017[14]
  • Prêmio Brasil Olímpico: 2017 – Futebolista do ano[15]

- Anúncio -