More

    Crase

     

    à

    • A crase é um acento gráfico?

    Não. A crase não é um acento gráfico. Palavra que em gre-

    go significa fusão, ou união, de duas vogais iguais e contíguas. Ao falarmos, é normal acontecerem crases:

    Estava aberto o caminho.

    Em casos como o do exemplo acima não se registra o sinal gráfico da crase. É que na Língua Portuguesa só se assinalam as crases da preposição a com o artigo a/as; com os pronomes demonstrativos a/as e com a vogal inicial dos pronomes demonstrativos – aquele, aquela, aquilo.

    O sinal gráfico que marca a crase (`) chama-se acento grave.

    1. Crase de preposição a + artigo a/as

    A regra geral determina que ocorrerá crase:

    • Se o termo regente exigir a preposição a: chegar a, contrário a.
    • Se o termo regido aceitar o artigo a/as: a escola, a idéia.

    Cheguei à escola.

    Sou contrário à idéia de trabalhar em casa.

    Mas, se ocorrerem essas duas condições, não haverá crase:

    Conheço a escola.

    No exemplo acima não ocorre a crase porque falta a primeira condição: o termo regente não exige preposição.

    Cheguei a Curitiba.

    No caso acima, não ocorre a crase porque falta a segunda condição, ou seja, o termo regido não aceita artigo.

    2. Dicas

    Há duas dicas simples que ajudam a saber quando ocorre crase:

    • Substituir a palavra feminina por outra masculina. Se ocorrer a forma ao é sinal de que a crase:

    Fui a sala (?). Fui ao salão

    Portanto, o correto é: Fui à sala.

    Estavam frente a frente (?). Estavam lado a lado.

    Portanto, o correto é: Estavam frente a frente.

    • Substituir a preposição a por outras, tais como para, de, em. Se o artigo aparecer é sinal de que ocorreu crase:

    Fui a Itália (?). Fui para a Itália.

    Portanto, o correto é: Fui à Itália.

    Fui a Cuba (?). Fui para Cuba.

    No exemplo acima o artigo não aparece. Portanto, o correto é: Fui a Cuba.

    3. Casos facultativos

    Pode ou não ocorrer crase:

    • Antes de nomes próprios femininos:

    Referiu-se à Luísa ou Referiu-se a Luísa

    • Antes de pronomes possessivos femininos:

    Referiu-se a tua mãe ou Referiu-se à tua mãe

    Atenção: nesses e em outros casos semelhantes, as dúvidas também podem ser resolvidas pelas mesmas dicas explicadas no item 2.

    4. Crase antes de pronomes

    • Antes dos pronomes a que, a qual

    Ocorre crase se o masculino correspondente for ao que, ao qual

    Esta cerveja é superior à que você comprou.

    Este vinho é superior ao que você comprou.

    Esta é a decisão à qual chegamos.

    Este é o ponto ao qual chegamos.

    • Antes dos pronomes aquele(s), aquela(s), aquilo.

    Ocorre crase sempre que o termo regente exigir preposição a:

    Fui àquele comício.

    Sou avesso àquela idéia.

    5. Expressões adverbiais, prepositivas e conjuntivas femininas

    Sempre ocorre crase nestas expressões: às duas horas; à tarde; à direita; à esquerda; às vezes; às pressas; à frente de; à medida que…

    Atenção: além dos casos acima, algumas expressões recebem o acento grave, mesmo que não haja a união de duas vogais, ou não ocorra a crase. Este é um recurso normalmente usado para tornar a frase mais clara:

    Cortar à faca / vender à vista / bordar à mão

    Centro Educacional Columbia 2000

    Profº. : Fabiano

    Matéria: Português

    Série: 8ª

    Data: 22/11/2001

    Dedicatória

    “Dedicamos este trabalho aos nossos professores. Aliás, 15/10 foi o dia deles. Que possam sempre nos ensinar e passar adiante seu conhecimento. Feliz Dia dos Professores”

    Pensamento

    “Tudo na vida passa… a única coisa que fica é a lembrança. Portanto, aproveite ao máximo e depois recorde!”

    Loader Loading...
    EAD Logo Taking too long?

    Reload Reload document
    | Open Open in new tab

    BAIXE O TRABALHO AQUI [20.54 KB]

    Latest articles

    Diego Maradona

    Função

    Custos – Contabilidade

    Trabalhos Relacionados