- Anúncio -

 

A abolição da escravatura no Brasil veio com muito atraso e acabou lançando o ex-escravo numa sociedade preconceituosa e sem condições de vida.

Como aconteceu a Abolição da Escravatura no Brasil?

A abolição da escravatura no Brasil ocorreu no dia 13 de maio de 1888, por meio da Lei Áurea, assinada pela Princesa Isabel. Esta lei libertou os escravos no Brasil após quase 400 anos de escravidão.

O período do Brasil Colonial (1500-1822) foi marcado pela presença portuguesa no país e também pela utilização de mão de obra escrava para realizar os trabalhos.

- Anúncio -

Inicialmente, o pau-brasil foi a grande fonte de riqueza para a metrópole, que exportava a madeira encontrada em grandes extensões pelo Brasil. Esse período ficou conhecido como ciclo do pau-brasil. Aqui ainda era mais utilizada a mão-de-obra de escravidão indígena.

Como foi feita a Abolição da Escravatura no Brasil?

Mas logo muitos negros africanos foram transportados nos porões dos navios negreiros e vieram trabalhar nas lavouras da América Portuguesa. Eles se tornaram a única fonte de renda para as regiões africanas de ocupação portuguesa.

Com isso, a escravatura foi prática comum no Brasil. Ela se estendeu desde o período colonial até ao fim do Império. Os escravos eram usados para todo tipo de trabalho, que iam desde os domésticos até a agricultura, mineração e pecuária. Eles mantiveram os ciclos econômicos da Cana-de-Açúcar, Ciclo do Ouro e Ciclo do Café.

As iniciativas abolicionistas

A Lei Áurea, que propôs a Abolição da Escravatura no Brasil, foi precedida por uma série de outras leis. Elas libertaram os escravos de forma gradual e sem indenização. Tais leis retiraram os poderes da aristocracia rural, a exemplo da Lei Eusébio de Queirós (1850), a Lei do Ventre Livre (1871) e a Lei dos Sexagenários (1885).

A consciência antiescravista aumentou significativamente depois da proclamação da Independência. Os abolicionistas pregavam ser impossível construir uma nação livre com uma população dividida.

Por outro lado, a Inglaterra passou da condição de maior traficante de escravos da história, para uma nação que aboliu a escravidão nas colônias (1833). O capitalismo exigia mais mercados consumidores e portanto a contratação de trabalhadores assalariados.

Como foi feita a Abolição da Escravatura no Brasil?

Em 1845, o Parlamento inglês aprovou a lei Bill Aberdeen, que autorizava a esquadra inglesa prender navios escravos e julgar os tripulantes como piratas. Na mesma linha, o Brasil aprovou a Lei Eusébio de Queirós, que proibiu o tráfico (1850).

Depois vieram a Lei do Ventre Livre (1871), que declarava livres os filhos de escravas nascidas a partir desta data, bem como a Lei dos Sexagenários, que libertava os escravos maiores de 60 anos.

Entretanto, a absolvição da escravatura somente se deu em 13 de maio de 1888, com a Lei Áurea assinada pela princesa Isabel.

O que aconteceu depois da abolição?

Após a abolição, a vida dos ex-escravos continuou muito difícil. Não houve nenhuma iniciativa de oferecer condições para que eles pudessem entrar no mercado de trabalho assalariado. Muita gente continuou com o preconceito, como continua até hoje.

No Rio de Janeiro, eles tiveram que morar nos morros, onde havia uma planta chamada favela, e aí se iniciou a visão marginalizada dos subúrbios.

Como foi feita a Abolição da Escravatura no Brasil?

Curiosidades sobre a Abolição da Escravatura

23 de agosto é o Dia Internacional em Memória do Tráfico de Escravos e sua Abolição. Antes de ser assinada pela Princesa Isabel, a Lei Áurea foi aprovada no Senado com apenas um voto contrário.

Na Câmara dos Deputados, a lei teve 83 votos favoráveis e 9 contra. O Brasil foi o último país das Américas a acabar com a escravidão. Como consequência da Abolição da Escravatura, o Império perdeu o apoio dos fazendeiros e foi proclamada a República.

Gostou de conhecer como se deu a abolição da escravatura no Brasil? Então certamente que você gostará de saber mais sobre a Independência do Brasil.

- Anúncio -