- Anúncio -

cérebro é a única estrutura do encéfalo relacionada com as funções voluntárias. Em sua camada mais externa, o córtex, as informações sensoriais são analisadas, os dados são processados e elaboram-se as ordens motoras voluntárias adequadas para cada caso.

O cérebro também é responsável pelas funções superiores, especialmente desenvolvidas no ser humano, como a linguagem, a aprendizagem, a criatividade, a vontade, a memória, o raciocínio e a interpretação das sensações e emoções.

Todas essas funções são executadas no córtex cerebral, que, no ser humano, é especialmente desenvolvido. A superfície do cérebro é bastante pregueada e cheia de sulcos.

O Cérebro humano

OS HEMISFÉRIOS CEREBRAIS

- Anúncio -

Com propósitos anatômicos o cérebro foi dividido em dois hemisférios: o esquerdo e o direito. Popularmente, os dois hemisférios passaram a ser conhecidos por “cérebro direito” e “cérebro esquerdo”.

Quanto ao controle dos movimentos e à sensibilidade, os dois hemisférios são contralaterais, ou seja, o hemisfério esquerdo controla o lado direito do corpo e vice-versa. Quanto ao pensamento, aceita-se que exista uma diferença considerável entre os dois hemisférios.

O esquerdo executa um pensamento com tendências à lógica, à matemática, à organização, ao planejamento. O hemisfério direito é criativo, romântico, sonhador, visionário.

Podemos encontrar três tipos de pessoas: aquelas que pensam principalmente com o hemisfério esquerdo, as que têm predomínio do hemisfério direito e ainda aquelas que apresentam equilíbrio entre os dois hemisférios.

Alguns atribuem o predomínio de um hemisfério sobre o outro à profissão da pessoa. Segundo essa teoria, um engenheiro civil, por lidar todos os dias com cálculos, prazos, administração de materiais, etc., teria desenvolvido o hemisfério esquerdo. Enquanto isso, um arquiteto, por desempenhar uma tarefa mais voltada à criatividade, à estética, às artes, estaria desenvolvendo o hemisfério direito cada vez mais.

- Anúncio -