- Anúncio -

 

Fernando Coelho (Salvador BA 1939)

Pintor, desenhista, artista gráfico, ilustrador e publicitário.

Interessa-se desde cedo pelas artes gráficas, trabalhando como publicitário. Em 1961, obtém o primeiro prêmio num concurso de cartazes instituído pelo governo do Estado da Bahia. Faz sua primeira exposição individual em 1964, na Galeria Querino, em Salvador. Em 1997, ilustra o livro Castro Alves: Edição Comemorativa dos 150 anos de Antônio de Castro Alves, junto com outros artistas, editado pela Fundação Banco do Brasil e Odebrechet.

Críticas

- Anúncio -

“Fernando Coelho é pintor figurativo, desenhista de recursos e colorista sensível. Sua temática tem variado desde as cenas urbanas e as paisagens dos começos da carreira à série dos equilibristas – tão evocativa de um Miró – e, bem recentemente, às pinturas de flores. Percebe-se um certo maneirismo no seu fazer pictórico, e alguma concessão ao fácil e ao consumível no seu repertório formal”.
José Roberto Teixeira Leite
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.

Exposições Individuais

1964 – Salvador BA – Individual, na Galeria Querino
1965 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Montmartre
1966 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Astréia
1968 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Astréia
1969 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Bonino
1971 – São Paulo SP – Individual, em A Galeria
1975 – São Paulo SP – Individual, em A Galeria
1979 – São Paulo SP – Individual, no Renato Magalhães Gouvêa – Escritório de Arte
1983 – São Paulo SP – Individual, no Renato Magalhães Gouvêa – Escritório de Arte
1984 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Bonino
1985 – São Paulo SP – Individual, na Galeria de Arte Alberto Bonfiglioli
1987 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Bonino
1989 – São Paulo SP – Individual, na Dan Galeria
1994 – Salvador BA – Individual, no MAM/BA
1994 – Salvador BA – Individual, na Galeria Anarte
1994 – Porto Alegre RS – Individual, no Espaço Cultural Sonilton Alves
1995 – Brasília DF – Individual, no Espaço Cultural 508
1995 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no MAM/RJ
1995 – São Paulo SP – Individual, no MAC/USP

Exposições Coletivas

s.d. – São Paulo SP – Mostra, no Masp
s.d. – São Paulo SP – Mostra, no Paço das Artes
s.d. – Salvador BA – Mostra, no MAM/BA
s.d. – Fortaleza CE – Mostra, no Museu de Arte da UFCE
1966 – São Paulo SP – 15º Salão Nacional de Arte Moderna
1966 – Salvador BA – 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas
1966 – São Paulo SP – Salão Paulista de Arte Moderna
1968 – Salvador BA – 2ª Bienal Nacional
1972 – Milão (Itália) – Baianos em Milão, na Galeria Schettini
1975 – Salvador BA – Artes Plásticas, na Feira da Bahia
1976 – São Paulo SP – 8º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1978 – São Paulo SP – O Circo, no Paço das Artes
1977 – São Paulo SP – Mostra de Arte, no Grupo Financeiro BBI (Av. Paulista 1904)
1983 – São Paulo SP – Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1980 – Curitiba PR – 2ª Mostra do Desenho Brasileiro, no Teatro Guaíra
1983 – São Paulo SP – 14º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1983 – Nova York (Estados Unidos) – 5º Contemporary Artists, no Kouros Gallery
1984 – São Paulo SP – O Artista e sua Obra, no Masp
1984 – Aracaju SE – Artistas Baianos, na J. Inácio Galeria de Arte
1985 – São Paulo SP – 100 Obras Itaú, no Masp
1986 – Brasília DF – Baianos em Brasília, na Casa da Manchete
1987 – Salvador BA – Doze Artistas Brasileiros, na Anarte Galeria
1987 – São Paulo SP – 20ª Exposição de Arte Contemporânea, no Chapel Art Show
1987 – São Paulo SP – 18 Contemporâneos, na Dan Galeria
1988 – Brasília DF – Coletiva Brasília, Patrimônio Cultural da Humanidade
1989 – Copenhague (Dinamarca) – Os Ritmos e as Formas: arte brasileira contemporânea, no Museu Charlottenborg
1988 – São Paulo SP – Os Ritmos e as Formas, no Sesc/Pompéia
1991 – Campinas SP – Nordeste Contemporâneo: 11 Artistas, no Centro de Convivência Cultural de Campinas
1992 – Rio de Janeiro RJ – Eco Art, no MAM/RJ
1992 – Lisboa (Portugal) – Inatel, no Teatro Trindade
1992 – Lisboa (Portugal) – Galeria de Exposições, no Hotel Le Meridien
1995 – Rio de Janeiro RJ – Jogos do Olhar, no MAM/RJ
1998 – Salvador BA – Tropicália 30 Anos: 40 artistas baianos, no MAM/BA
1998 – Paris (França) – Bahia à Paris: arts plastiques d’aujourd’hui, na Galerie Debret
1999 – Salvador BA – 100 Artistas Plásticos da Bahia, no Museu de Arte Sacra
1999 – Salvador BA – Arte-Arte Salvador 450 Anos, no Museu de Arte Moderna
1999 – Curitiba PR – Arte-Arte Salvador 450 Anos, na Fundação Cultural de Curitiba. Solar do Barão
1999 – Rio de Janeiro RJ – Arte-Arte Salvador 450 Anos, no Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro

- Anúncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.