Biografia de Anaxágoras

0
422

 

Anaxágoras (500 a.C.-428 a.C.) foi um filósofo do período pré-socrático da Ásia Menor. Dedicou-se ao estudo da astronomia e da biologia procurando sintetizar e tornar lógicas as explicações do mundo.

Anaxágoras (500 a.C.-428 a.C.) nasceu em Calazômenas, na Jônia, colônia grega da Ásia Menor, no ano de 500 a.C. Com vinte anos mudou-se para Atenas, onde viveu na época de Péricles, político e chefe da cidade-estado grega, quando Atenas passou por rápida expansão econômica e política que influenciou profundamente o pensamento grego e permitiu o aparecimento de pesquisas e teorias científicas inovadoras, onde a origem da vida teve as mais diversas interpretações.

Com relação à estrutura do universo, Anaxágoras, desenvolveu uma teoria que se diferenciava radicalmente dos outras correntes filosóficas da época. Para ele, várias substâncias compunham a totalidade do espaço existente e que cada elemento constituinte seria fundamental em si mesmo e a matéria seria constituída pela combinação desses elementos infinitamente indivisíveis. Acreditava que no ar continha sementes de todas as coisas, que eram trazidas a terra pela chuva, e dava como exemplo as plantas.

Anaxágoras dividiu o conhecimento em três etapas: a experiência e a sensação, a memória e a técnica. Definia a experiência como o tópico central para o conhecimento, sem ela nenhum conhecimento seria possível, pois ela é a nossa relação com o mundo. Em consequência, tudo que é vivenciado através das sensações é então depositado na memória, que é a capacidade de conservar as experiências e os conhecimentos adquiridos. O acúmulo desses conhecimentos na memória vai então gerar a sabedoria e esta vai gerar as técnicas que é a nossa capacidade de fazer uso dos conhecimentos para transformar a natureza.

Anaxágoras realizou pesquisas sobre astronomia e definiu sua teoria de que a terra era oca, tinha a forma plana e se mantinha suspensa no ar. O sol, a lua e todos ao outros astros eram pedras incandescentes e seu calor não era percebido por estarem muito longe da terra.

Anaxágoras resumiu sua filosofia em diversas frases, entre elas: “Tudo está em tudo”, “A fraqueza de nossos sentimentos impede-nos de alcançar a verdade”, “Tudo tem uma explicação natural, a lua não é uma deusa, mas um grande globo de rocha e o sol não é um deus, mas um imenso mundo em fogo”, “Prefiro uma gota de sabedoria a toneladas de riqueza” e “Medimos a grandeza de uma ideia pela resistência que ela provoca”.

Nos últimos anos do governo de Péricles, Atenas sofreu algumas revoltas, pois outras cidades importantes não aceitavam pacificamente a supremacia política, econômica e cultural de Atenas. Anaxágoras que mantinha amizade com Péricles, foi obrigado a se refugiar em Lâmsaco, na Jônia, quando veio a falecer no ano de 428 a.C.