Adição é uma das operações básicas da álgebra. Na sua forma mais simples, adição combina dois números (termossomandos ou parcelas), em um único número, a soma ou total. Adicionar mais números corresponde a repetir a operação. Por extensão, a adição de 0, um ou uma quantidade infinita de números pode ser definida, ver abaixo.

Para uma definição da adição no âmbito dos números naturais, ver adição em N.

Pode também ser uma operação geométrica – a partir de dois segmentos de reta dados determinar um outro cujo comprimento seja igual à soma dos dois iniciais.

Propriedades importantes

  • Comutatividade: A ordem das parcelas não altera o resultado da operação. Assim, se 2 + 3 = 5, logo 3 + 2 = 5.
  • Associatividade: O agrupamento das parcelas não altera o resultado. Assim, se (2 + 3) + 1 = 6, logo 2 + (3 + 1) = 6.
  • Elemento neutro: A parcela 0 (zero) não altera o resultado das demais parcelas. O zero é chamado “elemento neutro” da adição. Assim, se 2 + 3 = 5, logo 2 + 3 + 0 = 5.
  • Fechamento: A soma de dois números reais será sempre um número real.
  • Anulação: A soma de qualquer número e o seu oposto é zero. Exemplo:
  • 2 + (-2) = 0
  • (-999) + 999 = 0